jacqueline.assumpcao@sinergya.com.br

R$ 600,00


Inscrever-se

Certificado incluso

Duração: 10 horas

Trilha de Remediação Ambiental

Realização em parceria com a Sílvia Cremonez da Eckoslife, Paulo Oliveira da SBV Engenharia , Juliano Andrade da Oxiambiental e a Dra. Adriana Ponce


São 4 dias dedicados a Remediação Ambiental, abordando os processos químicos, físicos e de atenuação natural de áreas contaminadas além da parte da Legislação específica.

Você pode adquirir o curso que preferir ou o pacote com os 4!

A tecnologia de remediação adotada para a descontaminação de uma determinada área deve levar em consideração as características intrínsecas de cada área contaminada - conhecimento do cenário local, da extensão da contaminação e se as vias de contaminação ainda existem - além de atender a legislação ambiental vigente, sendo compatível ao risco que a contaminação apresenta. Este processo envolve uma avaliação preliminar, investigação confirmatória e detalhada, avaliação de risco e definição de quais tecnologias de remediação utilizar para reabilitação da área, até as concentrações das substâncias detectadas atingirem níveis aceitáveis para uso pretendido futuro



Detalhes do Curso

 DIA 1 - ATENUAÇÃO NATURAL

PASSO A PASSO PARA REMEDIAÇÃO DE ÁREAS CONTAMINADAS

O gerenciamento de uma área contaminada deve conter duas grandes fases de entendimento do problema: A primeira fase é a da identificação da contaminação, composta da avaliação preliminar e investigação confirmatória. A segunda fase é a reabilitação da área que é composta pela investigação detalhada, avaliação de risco, plano de intervenção e remediação


ATENUAÇÃO NATURAL MONITORADA

Em condições favoráveis, a biodegradação dos contaminantes ocorre sem intervenção humana para reduzir a massa, toxicidade, mobilidade, volume ou concentração desses contaminantes. Para a correta avaliação destes processos, uma combinação de métodos químicos e biológicos é normalmente utilizada. Assim, serão apresentados os princípios da técnica bem como os parâmetros a serem monitorados para avaliação de sua efetividade.

Dia 2 - REMEDIAÇÃO FÍSICA

As técnicas físicas têm como principal objetivo a redução e/ou remoção e o tratamento da massa dos contaminantes. Essas técnicas podem ser aplicadas in-situ ou ex-situ, dependendo da particularidade de cada site. Também é possível que sejam aplicadas em conjunto com técnicas biológicas ou químicas.

DIA 3 - REMEDIAÇÃO QUÍMICA

INVESTIGAÇÃO AMBIENTAL E REMEDIAÇÃO QUÍMICA

Conceitos e práticas gerais sobre:

1. Investigação (diagnóstico) ambiental

2. Remediação in-situ por processos químicos (inovação e tendência)

a. Oxidação química

b. Redução química

c. Outros tipos de tratamentos químicos

d. Efetividade, vantagens e limitações

e. Cases de sucesso


Dra. Silvia Cremonez Nascimento, Doutora em Hidrogeoquímica pela Universidade de São Paulo com mais de 20 anos de experiência no mercado ambiental, especializada no atendimento de todas as fases do Gerenciamento de Áreas Contaminadas e Passivos Ambientais além do conhecimento das Técnicas de Remediação para os mais diversos tipos de contaminantes e atuou como Assistente Técnico do Ministério Público de São Paulo.


Paulo Victor Seravalli Starling de Oliveira, Bacharel em ciência e tecnologia e engenharia Ambiental e Urbana pela UFABC ( Universidade Federal do ABC), atua a 9 anos no mercado ambiental, com experiência relevante nas seguintes grandes áreas: tratamento de água e efluentes, dragagem ambiental, tratamento de sedimentos contaminados, sistemas de remediação ambiental e gerenciamento de áreas contaminadas.


MSc. Juliano Andradediretor executivo na Oxi Ambiental S.A., Mestre em Química Ambiental pela UNICAMP e formado em Química pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Executivo de negócios, pesquisador e especialista em soluções para o gerenciamento de áreas cont aminadas em projetos de remediação química in-situ de solo e água, além de tratamento in-loco de efluentes com otimização de processo industrial e foco em reuso. Atua com inovação tecnológica e no tratamento de áreas contaminadas por metais, organoclorados, agrotóxicos e hidrocarbonetos de petróleo, dentre outros. Membro efetivo da Comissão Técnica de Meio Ambiente do Conselho Regional de Química SP e da Comissão de Estudo Especial de Avaliação da Qualidade do Solo e da Água para Levantamento de Passivo Ambiental e Avaliação de Risco à Saúde Humana da ABNT.


ENTRE EM CONTATO


Favor informar o curso de interesse para envio de mais informações e esclarecimentos de dúvidas. Agradecemos seu contato e assim que possível retornaremos.

Endereço

Sinergya Treinamentos

E-mail

jacqueline.assumpcao@sinergya.com.br

Telefone

(11) 954264973

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site. Saiba mais